Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Reflexão do Evangelho - Lc 2,1 - 14 - Abençoado Natal!

Imagem
Reflexão do Evangelho Lc 2, 1 – 14 - Abençoado Natal!

“Alegrem-se os céus, rejubile a terra! ” (Sl 95,11). O nascido da Virgem Maria, o Messias, é o Filho muito amado do Pai celestial, que, sem deixar de ser Deus, se tornou verdadeiramente homem. Em seu amor infinito, Deus se dignou escolher uma família, humilde, trabalhadora e piedosa, de uma região simples, afastada dos agitados caminhos da história: o pequeno vilarejo de Nazaré. Lá, Jesus viveu a maior parte de sua vida, no carinho e no amor de uma família, certamente, deslumbrado com as montanhas azuis, as belas colinas e os campos cultivados dos arredores. S. Francisco de Assis celebrava o Natal do Menino Jesus, com incrível alegria, mais que todas as outras solenidades. Certa feita, três anos antes de sua morte, no povoado de Greccio, ele pede a um homem chamado João, que lhe tinha grande amizade, para preparar a celebração do Natal. Dizia-lhe: “Quero lembrar o Menino que nasceu em Belém, os apertos que passou, como foi posto num pr…

Reflexão do Evangelho - Domingo, 09 de dezembro

Imagem
Reflexão do Evangelho Domingo, 09 de dezembro Lc 3,1-6 – João Batista, o Pregoeiro de Deus
Conquistada pelos romanos, reinava uma relativa paz por aquela região do Mediterrâneo, que compreendia o país de Israel, uma nesga de terra, onde as palmeiras e figueiras cresciam ao lado de salgueiros e pequenos bosques. Não distante do deserto, usando “uma roupa de pelos de camelo e um cinturão de couro em torno dos rins”, João se autodenominava arauto da boa nova da salvação, prestes a acontecer. Vida de asceta, fiel aos seus votos de nazareno, João não bebia vinho, não cortava os cabelos, alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. Qual pregoeiro, com o poder magnético do diferente, dizia ser a voz daquele que grita no deserto, anunciando o “batismo de conversão para remissão dos pecados”. Albores da paz, da alegria espiritual! Para S. Hilário de Poitiers, a atitude de João Batista era provocativa, instigadora, razão de sua tal qual ansiedade em proclamar a todos a vinda do Cristo Salvador. No…