Reflexão do Evangelho - Domingo, 09 de julho


Reflexão do Evangelho
Domingo, 09 de junho
Jo 20,19-23 - A vinda do Espírito Santo(Pentecostes)


No Cenáculo, estavam os Apóstolos, em oração. Por temor, as portas estavam fechadas, as janelas cerradas, quando, de repente, Jesus se apresenta no meio deles... Uma voz, uma saudação: “A paz esteja convosco!”.
Alegria, júbilo! Suas fisionomias se transformam! A esperança, aninhada em seus corações, não tinha sido vã. Cumpre-se a promessa que Ele lhes fizera: “Um pouco de tempo e já não me vereis, mais um pouco de tempo ainda e me vereis” (Jo 16,16).
Olham-se, por um tempo... Logo após, Jesus mostra-lhes o lado aberto, as mãos, as marcas de sua crucifixão... Paira, sobre aquele Corpo sacratíssimo, glorioso, o Espírito Santo de Deus, pronto para renovar a humanidade... Lázaro voltou à vida; Ele é vida nova, primícias da verdadeira nova criação de Deus.
Cena comovente! Suas palavras, mais fortes do que o pecado e a morte, transmitem perdão, misericórdia, amor...
Soprando sobre eles, diz-lhes: “Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem não os perdoardes, eles lhes serão retidos”. Decisão eterna do Pai: início de uma nova criação, ainda mais maravilhosa!
Ao alcance de todos, permanecem o perdão, a misericórdia, que se estendem a todos os que acolhem a Sua palavra. A comunidade de pecadores se transforma em Igreja de Deus.
O Espírito Santo, “fogo do amor de Deus, fonte de sabedoria e de unidade”, penetra os corações, e renova, purifica, santifica... antecipa a transfiguração de todas as criaturas e do próprio mundo. Se, por um sopro divino, surgiu a vida, agora, graças ao Espírito Santo, efetiva-se, no dizer de S. Basílio Magno, “a sinfonia” da criação: reconciliação de todos entre si e com a natureza.
Não há divisão. Graças ao Espírito Santo, o que há é a integração de todos, numa realidade de paz, de unidade e de santidade.



+Dom Fernando Antônio Figueiredo, ofm

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Reflexão do Evangelho - Lc 21, 5-19 - A ruína de Jerusalém e o fim dos tempos - Terça-feira 25 de Novembro e Quarta-feira 26 de Novembro